tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

No 2.º trimestre de 2020

Restrições derivadas da pandemia do COVID-19 provocaram uma diminuição na transação de alojamentos familiares na RAM

No 2.º trimestre de 2020, transacionaram-se 525 alojamentos familiares na Região Autónoma da Madeira (RAM), o que representa uma diminuição trimestral e homóloga de 38,5% e 28,7%, respetivamente. De assinalar que aquele valor é o mais baixo desde o 3.º trimestre de 2016.

Do total de alojamentos vendidos no trimestre, 390 diziam respeito a alojamentos existentes (74,3% do total), sendo os restantes 135 (25,7%) alojamentos novos. Face ao trimestre anterior, estes dois tipos de alojamentos evidenciaram evoluções idênticas, ou seja, as vendas de alojamentos existentes diminuíram 38,5% e as vendas de alojamentos novos 38,4%. Quando feita a comparação com o trimestre homólogo, verificaram-se, pela mesma ordem, decréscimos de 32,3% e 15,6%.

O valor dos alojamentos transacionados neste trimestre situou-se nos 75,1 milhões de euros, menos 43,9% que no trimestre precedente (133,7 milhões de euros) e menos 23,3% que no trimestre homólogo (97,8 milhões de euros). Nos alojamentos novos, o valor das vendas caiu para 23,6 milhões de euros (-14,6% face ao mesmo trimestre do ano anterior; -45,4% face ao trimestre anterior). Nos alojamentos existentes, verificou-se igualmente uma redução no seu valor, para  os 51,4 milhões de euros (-26,7% que no trimestre homólogo; -43,1% que no trimestre anterior).

No conjunto do País, foram transacionados 33,4 mil alojamentos no 2.º trimestre de 2020, traduzindo uma redução trimestral (-23,3%) e homóloga (-21,6%). Estas transações geraram 5,1 mil milhões de euros, -23,8% que no 1.º trimestre de 2020 e -15,2% face ao mesmo período do ano anterior.

Naturalmente, os decréscimos acima mencionados, relativos à Região e ao país são explicados pelas circunstâncias relacionadas com a pandemia do COVID-19, cujo efeito sobre a economia foi particularmente acentuado no trimestre em referência.

Infografia VAF PT

Para mais informação aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top