tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

A Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM) disponibiliza hoje no seu portal de internet a publicação das Estatísticas da Construção e da Habitação da Região Autónoma da Madeira do ano de 2016, atualizando-se em simultâneo a Série Retrospetiva do Sistema de Informação de Operações Urbanísticas (SIOU) -1995-2016.

Em 2016, obras licenciadas  e obras concluídas aumentaram na Região Autónoma da Madeira (RAM)

Em 2016, o parque habitacional madeirense foi estimado em 92 914 edifícios e 130 897 alojamentos, o que corresponde a um acréscimo de 0,1% face a 2015, tanto nos edifícios como nos alojamentos.

O número de edifícios concluídos em 2016 (187 edifícios) registou um acréscimo de 12,0% relativamente a 2015. Os fogos concluídos em construções novas para habitação familiar aumentaram 57,6% em 2016 (134 fogos) face a 2015 (85 fogos).

No que diz respeito às obras licenciadas, há a registar um aumento de 9,3% face a 2015, tendo sido licenciados 248 edifícios. De igual modo, os fogos licenciados também aumentaram 44,1%, fixando-se em 294 fogos em 2016 (204 em 2015).

Em 2015, imóveis transacionados,  prédios hipotecários e crédito hipotecário concedido registaram uma subida

Em 2015, o número de contratos de compra e venda de imóveis (3 674) registou um acréscimo de 37,9% face ao ano anterior, tendo o valor médio dos prédios transacionados decrescido, numa proporção de 8,8% (de 73,6 mil euros em 2014 para 67,1 mil euros em 2015).

Os contratos de mútuo com hipoteca voluntária ascenderam a 750 em 2015, observando-se um acréscimo de 44,8% face a 2014.  O valor médio dos prédios hipotecados aumentou cerca de 1,7 mil euros (de 194,4 mil euros em 2014 para 196,1 mil euros em 2015).

O crédito hipotecário concedido a pessoas singulares por habitante atingiu, em 2015, o valor de 225 euros, significando um acréscimo anual de 59,6%.

Em 2015 houve uma diminuição do valor dos trabalhos realizados pelas empresas de construção

Em 2015, o valor dos trabalhos realizados pelas empresas de construção com 20 e mais pessoas ao serviço da RAM situou-se nos 253 milhões de euros, traduzindo uma diminuição de 26,5% relativamente a 2014, devido fundamentalmente ao decréscimo de 31,8% observado nas obras de Engenharia Civil.

Os trabalhos realizados em Edifícios registaram um acréscimo (9,0% face a 2014). Este acréscimo foi generalizado aos Edifícios Residenciais (+31,0%, correspondendo a +4,0 milhões de euros), e aos Edifícios Não Residenciais (+2,5%, correspondendo a +0,9 milhões de euros).

Em 2016, a Venda de Alojamentos Familiares e a Avaliação Bancária de Habitação cresceram

Em 2016, observou-se na RAM um acréscimo no número de vendas de alojamentos familiares (+124 do que em 2015, correspondendo a +5,8%), perfazendo um total de 2 247 transações. O valor dos alojamentos transacionados atingiu um montante próximo dos 275,8 milhões de euros, mais 2,7 milhões (+1,0%) que em 2015.

Neste mesmo ano, o valor médio da avaliação bancária de habitação na RAM registou um crescimento de 0,8% (1 192 euros/m2) em relação a  2015, seguindo a tendência de subida do ano anterior.

5,5 mil fogos de habitação social na RAM em 2015

Em 2015 existiam na RAM 5,5 mil fogos de habitação social (-0,7% face a 2012), distribuídos por 1,6 mil edifícios. Cerca de 66,1% dos edifícios possuíam apenas 1 alojamento, conduzindo a um rácio de 3,3 fogos por edifício.


Para mais informação aceda a:

 

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top