tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Em 2019

Transações de imóveis na Região cresceram em número e valor, enquanto os imóveis adquiridos por residentes no estrangeiro diminuíram em número, mas aumentaram em valor

A DREM disponibiliza hoje uma análise mais aprofundada (“Notícia” e “Em Foco”) sobre os dados constantes das séries retrospetivas “Operações sobre Imóveis 1971-2019” e “Aquisição de Imóveis por não Residentes 2012-2019” recentemente atualizadas e disponibilizadas no seu portal.

Em 2019, o número de imóveis transacionados na RAM (5 214) registou um acréscimo de 4,4% face ao ano anterior, gerando um montante de 476,1 milhões de euros, valor superior em 1,7% ao observado em 2018 (467,9 milhões de euros). O valor médio dos prédios transacionados diminuiu numa proporção de 2,6% (de 93,7 mil euros em 2018 para 91,3 milhões de euros em 2019).

De referir que atendendo à série disponível, em termos de número de imóveis transacionados, é o registo mais alto dos últimos 11 anos, enquanto em valor é o segundo mais elevado no mesmo período de tempo, depois de 2017.

No que toca aos contratos de mútuo com hipoteca voluntária, registou-se uma diminuição no número de contratos celebrados (-6,1%) em 2019, verificando-se, também, uma diminuição no valor médio dos prédios hipotecados em cerca de 8,0 mil euros (de 133,2 mil euros em 2018 para 125,2 mil euros em 2019).

O crédito hipotecário concedido a pessoas singulares por habitante atingiu, em 2019, o valor de 465 euros, determinando um decréscimo anual de 7,6%.

No ano em referência, as vendas de imóveis a residentes no estrangeiro diminuíram 1,4% em número (476 imóveis) e aumentaram 6,1% em valor (66,2 milhões de euros) face a 2018, representando 9,1% do total de  imóveis transacionados em 2019 e 13,9% em termos de valor. De realçar que o valor das vendas de imóveis a residentes no estrangeiro é o mais elevado da série disponível (2012-2019).

Contrariamente a 2018, em 2019 foram os residentes do Reino Unido que mais imóveis adquiriram na RAM (20,0% do valor total), seguidos pelos residentes na Alemanha (19,2%) e na França (11,3%).

O valor médio dos prédios vendidos a residentes no estrangeiro em 2019 (139 021€) foi 52,3% superior ao valor médio das transações globais (91 304€).

 

Infografia OSImóveis PT

 

Para mais informação aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top