tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

No 2.º trimestre de 2020

Valor dos levantamentos adicionados das compras através de terminais de pagamento automático da rede Multibanco na Região registou forte quebra em termos homólogos

Os dados fornecidos pela Sociedade Interbancária de Serviços (SIBS) para a RAM, referentes ao 2.º trimestre de 2020, mostram que os montantes relativos às duas principais operações da rede Multibanco (levantamentos e compras através de terminais de pagamento automático), consideradas no seu conjunto, registaram uma quebra de 29,6% comparativamente ao período homólogo, a qual derivou quer do comportamento das operações com cartões nacionais (-20,0%), quer dos cartões internacionais (-81,8%). Por mês, as quedas no total do agregado foram de 46,1% em abril, 27,3% em maio e de 16,4% em junho.

Esta situação reflete o impacto da situação da pandemia do COVID-19, sendo particularmente notória nas operações através de cartões internacionais, fruto da interrupção quase total da atividade turística na RAM.

Desagregando a componente dos levantamentos em nacionais e internacionais, é de assinalar que enquanto os primeiros recuaram 23,9% (totalizando 121,5 milhões de euros no 2.º trimestre de 2020), os internacionais registaram uma quebra bem mais acentuada (-71,5%), contabilizando somente 3,8 milhões de euros entre abril e junho deste ano. A variação global dos levantamentos foi de -27,5%.

Por sua vez, as compras através de terminais de pagamento automático (TPA) feitas com cartões nacionais ascenderam a 168,3 milhões de euros entre abril e junho de 2020 (-17,0% que no mesmo período de 2019), sendo que as compras feitas com cartões internacionais não ultrapassaram os 8,4 milhões de euros (-84,4% que no período homólogo). A variação global das compras através de TPA foi de -31,0%.

Os pagamentos registaram igualmente uma evolução homóloga negativa de 15,1%.

A nível nacional, os montantes movimentados nas operações da rede Multibanco em análise igualmente decresceram quer nos levantamentos quer nas compras através de TPA (-27,8% em ambos os casos), bem como nos pagamentos (-14,7%). A variação homóloga dos levantamentos agregados às compras através de TPA, no país, foi de -27,8%.

A análise dos dados por município mostra uma quebra generalizada, sendo o Porto Moniz o município onde os levantamentos agregados das compras através de TPA mais decresceram (-52,9%), seguido da Calheta (-36,5%), do Funchal (-36,0%) e de São Vicente (-25,5%).

Multibanco2t20 pt

Analisando o 1.º semestre de 2020, conclui-se que na RAM, o decréscimo verificado nos levantamentos adicionados das compras através de TPA foi de 15,1% (-15,2% no país). No referido período, observaram-se decréscimos homólogos em todos os municípios, à exceção do Porto Santo (+5,7%). O Porto Moniz liderou as descidas, observando-se neste município uma diminuição homóloga de 31,8% no agregado em análise. No Funchal, que concentrou 62,0% dos levantamentos adicionados das compras através de TPA, a variação foi de -19,4%.

    Cooperação Estatística Internacional

    MAC14 20

    Cooperação Estatística Internacional

    MAC14 20

    Literacia Estatística

    formation3

    Literacia Estatística

    formation3
    Go to top