tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

DREM divulga dados sobre tráfego rodoviário na Região Autónoma da Madeira

A Direção Regional de Estatística (DREM) divulga hoje, pela primeira vez, informação sobre o tráfego das principais estradas regionais da Região Autónoma da Madeira (RAM), nomeadamente as que estão na alçada direta da RAM, bem como nas concessionadas à VIALITORAL e à Concessionária de Estradas VIAEXPRESSO da Madeira, S.A., com base nos dados fornecidos à DREM pela Direção Regional de Estradas (DRE).

A DRE disponibiliza estes dados com base em informação retirada dos terminais de registo e controlo do tráfego situados nas suas instalações e relativo aos contadores instalados nas vias.

Nos primeiros nove meses de 2020

Tráfego rodoviário na Via Rápida e Vias Expresso com quebra superior a 20% em termos homólogos

Entre janeiro e setembro de 2020, o tráfego rodoviário na Via Litoral e Vias Expresso caiu 20,2% e 21,2%, respetivamente, em termos homólogos.

Considerando ambas as vias no seu conjunto e desagregando por mês, observa-se que o mês de abril - no qual vigorou o estado de emergência, com grande parte da população confinada - teve o maior decréscimo de circulação de automóveis, com o tráfego rodoviário a diminuir 65,3% face ao mesmo mês em 2019. A partir de maio houve uma recuperação progressiva, mas ainda abaixo dos valores mensais do ano passado, como evidenciam os números de setembro, no qual há uma queda homóloga de 8,4%.

Os dados anuais, disponíveis entre 2012 e 2019, apresentam um crescimento sucessivo do tráfego desde 2014. Refira-se que, em 2013, o número de veículos contabilizados pelos contadores de tráfego nas estradas em apreço, desceu 1,4% face a 2012, o que poderá ser um reflexo da crise económica nesse período, que aliás levou a reduções sucessivas do Produto Interno Bruto (PIB) entre 2011 e 2013.

A evolução do tráfego desde 2014 está em linha com o crescimento da economia, que é traduzido não só pelos dados conhecidos do PIB (cuja última informação é referente a 2019), como pelo Indicador Regional de Atividade Económica, que evidenciou aumentos homólogos até fevereiro de 2020. Embora o ano de 2020 ainda não esteja fechado, é já evidente que o mesmo marcará uma interrupção da tendência de crescimento, sendo previsível que os números do tráfego sejam os mais baixos da série disponível.

Trafego Total Rodoviário PT novo

  

Para mais informação aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top