tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

No 3.º trimestre de 2015

Número de passageiros cresceu em termos homólogos nos aeroportos e portos da R.A.M, mas diminuiu nos transportes terrestres. Movimento de mercadorias nos portos da Região também aumentou.

De acordo com os dados apurados pela DREM, os transportes coletivos de passageiros por meio de autocarro registaram no 3.º trimestre de 2015 uma variação homóloga negativa de 1,0% nos passageiros transportados, condicionada pela queda verificada nas carreiras urbanas (-3,1%).

Em termos acumulados (janeiro a setembro), a variação permanece negativa (-1,8%) face ao mesmo período do ano anterior. Nas carreiras urbanas foram transportados cerca de 12,7 milhões de passageiros entre janeiro e setembro de 2015, -2,7% em comparação com o período homólogo. Nas interurbanas, registou-se um aumento ligeiro de 0,1%, tendo-se contabilizado 6,0 milhões de passageiros transportados.

Os aeroportos da RAM registaram no 3.º trimestre de 2015 um movimento de passageiros de 860,4 milhares, +5,9% que no mesmo período do ano passado. Tanto o aeroporto do Porto Santo como o da Madeira contribuíram para este crescimento no movimento de passageiros, com variações homólogas positivas de 14,6% e 5,2%, respetivamente. Em termos acumulados, entre janeiro e setembro de 2015, o movimento de passageiros no aeroporto do Porto Santo e da Madeira cresceu 15,4% e 5,0%, respetivamente, em comparação com o mesmo período do ano anterior. No que diz respeito à carga aérea registou-se nos aeroportos da R.A.M, nos primeiros nove meses do ano, uma diminuição significativa no movimento de mercadorias, tanto nas descarregadas (-29,7%) como nas carregadas (-26,0%).

No domínio dos transportes marítimos, contabilizaram-se no 3.º trimestre de 2015, 29 navios de cruzeiro entrados no porto do Funchal, mais 13 que em igual período de 2014, observando-se nos passageiros em trânsito neste tipo de navios, um significativo aumento de 137,7%. Nos primeiros nove meses de 2015, o porto do Funchal recebeu 350 605 passageiros em trânsito (+30,6% que no período homólogo), a larga maioria (89,4%) dos quais constituída por europeus. As nacionalidades predominantes foram a britânica (35,4% do total, +44,3% que nos primeiros nove meses de 2014), a alemã (33,1% do total, sendo a variação homóloga de +4,3%) e a italiana (quota de 6,5%, +81,2% que em igual período do ano passado). Note-se ainda que o número de norte-americanos que passou pelo Porto do Funchal nos primeiros nove meses de 2015 aumentou 68,2% em termos homólogos, sendo o quarto mercado mais importante neste segmento, com 18 089 passageiros.

Na linha Madeira-Porto Santo, o incremento homólogo no número de passageiros foi de 5,5% no 3º trimestre do corrente ano e de 4,5% no acumulado até setembro.

A variação do movimento de mercadorias na RAM no trimestre em referência foi globalmente positiva em comparação com o mesmo período do ano passado (+11,0%). Para este aumento contribuíram tanto as mercadorias descarregadas como as carregadas nos portos regionais, com variações homólogas de +11,4% e 8,4%, respetivamente. Em termos acumulados, verificou-se na RAM, nos nove meses de 2015, uma variação positiva de 3,1% no movimento de mercadorias, sendo que as mercadorias descarregadas contribuíram para esta variação positiva (+3,8%) contrariamente às mercadorias carregadas que evidenciaram uma quebra de 1,1%.

transportes PT

Registos de venda de veículos nas Conservatórias da Região aumentaram 6,3% face ao 3.º trimestre de 2014

No 3.º trimestre de 2015, as Conservatórias da Região registaram a venda de 3 285 veículos automóveis (novos e usados), 88,1% dos quais ligeiros de passageiros e 10,9% ligeiros de mercadorias (onde se incluem também os mistos). Registou-se ainda a venda de 31 pesados, cerca de 0,9% do total. Face ao mesmo período do ano passado, contabilizaram-se em termos globais mais 196 registos, o que se traduziu num crescimento homólogo de 6,3%.

Tendo em conta os primeiros nove meses de 2015 e a comparação com idêntico período do ano passado, o aumento é de 12,6%.

Foi naturalmente na Conservatória do Funchal onde se procedeu ao maior número de registos de vendas de automóveis novos e usados, 66,3% do total (2 179). Ao invés, nos municípios do Porto Moniz e do Porto Santo (os menos populosos da Região) encontram-se as Conservatórias onde menos transações se registaram no 3.º trimestre de 2015 (31 registos em cada).

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top