tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Em setembro de 2017

Proveitos totais e as dormidas na hotelaria madeirense registaram crescimentos homólogos de 7,1% e 3,5%, respetivamente

As primeiras estimativas para o mês de setembro de 2017 apontam para acréscimos nos principais indicadores da hotelaria madeirense, com variações homólogas de +3,5% nas dormidas, +7,1% nos proveitos totais e +8,4% nos proveitos de aposento. A nível nacional, pela mesma ordem, as variações observadas nestas variáveis foram de +5,1%, +16,0% e +18,6%.

O total de dormidas na RAM no mês em referência rondou os 738,8 milhares, enquanto os proveitos totais e de aposento atingiram os 41,2 e 26,2 milhões de euros, respetivamente, representando novos máximos mensais para o mês de setembro.

Nos mercados tradicionais, assinalam-se acréscimos nas dormidas de turistas britânicos, franceses e alemães (variação de +1,6%, +1,2% e +0,7% face a setembro de 2016). O mercado nacional cresceu 5,1%.

Tendo em conta o acumulado dos primeiros nove meses de 2017, conclui-se que as dormidas cresceram 2,1% na R. A. Madeira, enquanto os proveitos totais registaram um incremento de 8,1% e os de aposento de 8,6%, comparativamente ao período homólogo.

A taxa líquida de ocupação-cama (TLOC) no mês em referência fixou-se em 78,9%, 0,1 pontos percentuais abaixo do observado em setembro de 2016, mantendo-se no entanto como a mais elevada entre as regiões NUTSII portuguesas.

Há a salientar ainda o acréscimo homólogo do rendimento médio por quarto (RevPAR) em 5,7%, para 59,14€.

Aumento do número de voltas realizadas nos campos de golfe da Região nos primeiros nove meses de 2017

O inquérito aos campos de golfe revela a realização de 47 281 voltas nos três campos de golfe da RAM nos primeiros nove meses de 2017 (+12,2% que no período homólogo), tendo esta atividade gerado cerca de 1,9 milhões de euros de receitas. 73,5% das voltas foram realizadas por não sócios, provenientes na sua maioria dos Países Nórdicos, Alemanha e Reino Unido. Os estabelecimentos hoteleiros e afins venderam 54,1% das voltas, os operadores turísticos 26,8% e os restantes 19,1% foram transacionados pelos próprios campos de golfe.

Número de passageiros em trânsito nos navios de cruzeiro que visitaram a RAM diminuiu

De acordo com os dados fornecidos pela Administração dos Portos da RAM, entre janeiro e setembro deste ano foram contabilizados 287 440 passageiros em trânsito em navios de cruzeiro nos portos da RAM, -14,0% que no mesmo período do ano precedente. O número de escalas também diminuiu em 13,2% (menos 24 navios que nos primeiros nove meses de 2016).

Para mais informação aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top