tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Em 2016

Número de crimes registados na Região Autónoma da Madeira (RAM) diminuiu

Em 2016, foram registados pelas Autoridades Policiais 6,1 mil crimes na Região, representando uma diminuição de 6,1% face ao ano anterior (6,5 mil).

Os crimes com maior importância relativa no total de crimes registados – “crimes contra pessoas” e “crimes contra o património” – representavam em conjunto, em 2016, 73,3%, tendo ambos registado quebras relativamente a 2015, de 3,9% e 6,8% respetivamente.

Por município, praticamente metade dos crimes registados na RAM, em 2016, ocorreram no Funchal (2,9 mil crimes, 48,2% do total), seguido dos municípios contíguos, Câmara de Lobos (734 crimes, 12,1%) e Santa Cruz (615 crimes, 10,1%).

Em 2016, a taxa de criminalidade - que corresponde ao rácio do número de crimes pela população residente (em milhares) – situou-se em 23,8‰, inferior à registada em 2015 (25,2‰). As taxas mais elevadas foram observadas nos “crimes contra o património” (7,6‰) e nos “crimes contra a integridade física (6,8‰).

Segundo o município, a taxa mais baixa foi a de Santa Cruz (14,0‰), sendo a mais elevada registada no Porto Moniz (36,4‰). Além deste município da costa norte da ilha da Madeira, também o Funchal e São Vicente (ambos com 27,9‰), Machico (28,7‰) e Porto Santo (27,5‰) apresentaram rácios superiores à média regional.

Relativamente ao número de escrituras públicas, registaram-se 4 509 escrituras em 2016, valor superior em 6,3% ao observado no ano transato (4 243).

Graf PT

Para mais informação aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top