A Cooperação Estatística é uma das atribuições da DREM, com entidades regionais, nacionais e internacionais, que desenvolvem a sua atividade na área da estatística oficial, visando o fornecimento de dados, a partilha das boas práticas e o intercâmbio de conhecimentos.

Naturalmente, a DREM mantém contactos regulares com certos organismos da administração pública, que em grande parte dos casos são simultaneamente prestadores e utilizadores de informação. Com efeito, estes contactos têm-se intensificando nos últimos anos, no sentido de apropriar dados administrativos para fins estatísticos e de divulgação ao público, com base na informação existente nestes serviços.

Também o facto da Lei das Finanças Regionais atribuir à DREM responsabilidades na apresentação de uma estimativa da Conta não financeira e financeira da Administração Pública Regional (APR) da Madeira, às autoridades estatísticas nacionais, na ótica da Contas Nacionais, obrigou a uma colaboração mais intensa com outros organismos públicos regionais e nacionais.

Ao nível da cooperação nacional, há a salientar a ligação institucional com o Conselho Superior de Estatística (CSE), enquanto órgão de Estado que orienta e coordena o Sistema Estatístico Nacional (SEN) e com as autoridades estatísticas, nomeadamente com o Instituto Nacional de Estatística (INE), Banco de Portugal (BdP) e Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA).

Desde 2003, a DREM tem participado conjuntamente com os Açores e Canárias, no âmbito da Iniciativa Comunitária INTERREG III - B e do Programa de Cooperação Transnacional Madeira-Açores-Canárias (PCT MAC 2007-2013), em projetos de grande relevância para a Região por se tratarem de projetos inovadores, que têm permitido o aproveitamento dos benefícios decorrentes da promoção pró-ativa deste tipo de cooperação, nomeadamente através da partilha de boas práticas e do intercâmbio de conhecimentos. Salienta-se o TIO-MAC, cujo objetivo foi o de produzir um Quadro Input-Output referente ao ano de 2001; o SIE-MAC, para a elaboração de um DataWarehouse e de um Portal Web em cada um dos Serviços de Estatística das regiões envolvidas; o SIET-MAC, visando a disponibilização de indicadores estatísticos sobre o turismo sustentável; o SICER-MAC, para a elaboração de contas económicas regionais e da Conta Satélite do Turismo e o DAMARECE para a construção de um Sistema de Indicadores de Conjuntura.

Em fase de conclusão, prevista até final de 2014, a DREM está a participar nos projetos CONTRIMAC – Contabilidade Regional da Macaronésia, que tem por objetivo realizar o cálculo dos principais agregados macro-económicos da economia regional, trimestralmente, pretendendo-se obter uma série de indicadores que caracterizem o estado da atividade económica de cada arquipélago e no METAMAC – Sistema Integrado de Dados e Metadados Estatísticos, que visa melhorar a qualidade dos dados estatísticos que se produzem nos serviços de estatísticas das Regiões da Macaronésia, através da incorporação de metainformação.