tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Estimativa rápida

Em agosto de 2020

Alojamento turístico contabilizou mais 150 mil dormidas que no mês de julho

À semelhança do Instituto Nacional de Estatística (INE), a Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM) passa a partir de agora a divulgar uma estimativa rápida dos principais indicadores mensais do alojamento turístico, produzidos com base no Inquérito à Permanência de Hóspedes na Hotelaria e outros Alojamentos. Os resultados mais detalhados relativos a agosto de 2020 serão publicados no dia 15 de outubro.

De acordo com a estimativa rápida, em agosto de 2020, o setor do alojamento turístico deverá ter registado a entrada de 58,4 mil hóspedes e 266,1 mil dormidas, o que corresponde a variações homólogas de -59,8% e -71,0%, respetivamente (-79,4% e -86,0% em julho, pela mesma ordem). De sublinhar que excluindo o alojamento local com menos de 10 camas, as dormidas do alojamento turístico apresentam um decréscimo de 72,3% relativamente a agosto de 2019, uma variação mais penalizadora que a verificada a nível nacional  (-47,2%).

Apesar de historicamente, em regra, o mês de agosto apresentar um número superior de dormidas comparativamente a julho, merece destaque o diferencial significativo entre os números das dormidas de julho (116,4 mil) e agosto (266,1 mil), refletidos aliás nas taxas de variação homólogas acima apresentadas.

As dormidas de residentes em Portugal terão diminuído 19,4% (-54,4% em julho) atingindo as 127,1 mil e representando 47,8% do total, enquanto as de não residentes terão decrescido 81,7% (-91,2% no mês anterior), situando-se em 138,9 mil. Os hóspedes entrados com residência no País terão sido 35,5 mil, o que se traduz num decréscimo de 5,1% (-45,5% em julho) estimando-se os hóspedes não residentes em 22,9 mil (recuo homólogo de 78,7%, menos pronunciado que no mês anterior em que foi de 89,5%). No país, as dormidas de residentes terão diminuído 2,4% (-30,8% em julho) atingindo 3,4 milhões, representando 65,9% do total, enquanto as de não residentes terão decrescido 72,0% (-84,5% no mês anterior), situando-se em 1,7 milhões.

Infografia Turismo Estimativa rápida PT

Os principais mercados emissores de não residentes, mantiveram decréscimos expressivos em agosto (superiores a 70%), embora menores que no mês precedente. O mercado do Reino Unido foi o que registou a quebra mais acentuada com -84,0% de dormidas (-97,3% em julho), seguido do francês com -83,0% (-92,3%) e do alemão com -71,3% (-83,4% no mês precedente).

Em agosto, 49,4% dos estabelecimentos de alojamento turístico terão estado encerrados ou não registaram movimento de hóspedes (65,2% em julho). Porém, a hotelaria contabilizava, no mês de referência, 68,9% dos estabelecimentos com movimento de hóspedes (54,3% em julho).

estrapid pt

 

 

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top