tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Em março de 2016

Valor médio da avaliação bancária de habitação diminuiu na RAM face a fevereiro de 2016, mas cresceu relativamente ao mês homólogo

Os dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) para março de 2016 mostram que o valor médio da avaliação bancária de habitação na RAM se fixou em 1 165 euros/m2, tendo registado uma diminuição de -5,0% em relação ao mês precedente e um aumento de 0,3% face ao mês mesmo do ano anterior.

No país, as variações foram, pela mesma ordem, de -0,1% e +3,7%, fixando-se o valor médio de avaliação bancária no mês em referência nos 1 048 euros/m2. Os valores mais elevados foram observados na Área Metropolitana de Lisboa (1 268 euros/m2), Algarve (1 265 euros/m2) e seguindo-se, e em terceiro lugar, a RAM.

 AVALmarco PT

Nos apartamentos, o valor médio de avaliação na RAM foi de 1 191 euros/m2, -4,0% comparativamente a fevereiro de 2016 e +0,8% face ao mês homólogo. Nas moradias, este indicador situou-se nos 1 131 euros/m2, traduzindo uma desvalorização trimestral de -6,4%  e uma valorização homóloga de +0,4%.

O valor médio da avaliação bancária no Funchal, em março de 2016, foi de 1 286 euros/m2, atingindo os 1 316 euros/m2 nos apartamentos e os 1 216 euros/m2 nas moradias, o que representou variações mensais de -5,5%, -4,6% e -8,1% e variações homólogas de -0,6%, +1,7% e -5,9%, respetivamente.

    Cooperação Estatística Internacional

    MAC14 20

    Cooperação Estatística Internacional

    MAC14 20

    Literacia Estatística

    formation3

    Literacia Estatística

    formation3
    Go to top