tableaupublic            



Portal de Estatísticas Oficiais                     

Menu

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Com dados para 2020

DREM disponibiliza atualização das Séries Retrospetivas da Sociedade de Informação na Administração Pública Regional e nas Câmaras Municipais da RAM


Administração Pública Regional – Percentagem de organismos que realizaram análises de Big Data mais que duplicou em 2020

De acordo com os resultados de 2020 do Inquérito à Utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) na Administração Pública, 77% dos organismos da Administração Pública Regional (APR) da Região Autónoma da Madeira (RAM) possuíam uma Wireless Local Area Network (rede local sem fios), 75% dispunham de intranet e 52% tinham sistema de videoconferência.

Nas principais atividades informatizadas desenvolvidas pelos organismos da APR da RAM naquele ano, destacam-se a troca interna de ficheiros e outra informação (por 95% dos organismos), o registo de informação e a gestão documental/centros de documentação (ambas por 91% dos organismos). 89% dos organismos realizaram atividades informatizadas relacionadas com a gestão financeira e administrativa, com o processamento e tratamento de informação e com a difusão da informação.

No seu portal de internet, 66% dos organismos da APR disponibilizavam formulários para download, 48% permitiam o preenchimento e submissão de formulários online, 46% ofereciam bens ou serviços em formato digital online, enquanto 14% usava aquele recurso para fazer inquéritos aos cidadãos. 23% dos portais possibilitavam aos utilizadores dar conta do seu grau de satisfação e 18% tinham um balcão de atendimento virtual.

Em 2020, 11% dos organismos públicos da Região recorreram ao comércio eletrónico para efetuar encomendas, a percentagem mais elevada dos últimos 8 anos. A plataforma mais usada para a realização de encomendas de bens e/ou serviços através de comércio eletrónico foi o próprio correio eletrónico (50%). O principal motivo apontado para a não utilização deste tipo de comércio foi o de não se adequar ao perfil do organismo (38%).

14% dos organismos da APR da RAM indicaram ter recrutado ou tentado recrutar pessoal especialista em TIC em 2020. Destes, 50% consideraram ter sentido dificuldades no preenchimento daquele tipo de postos de trabalho. As principais funções TIC desempenhadas por recursos humanos internos foram o apoio a aplicações web (36%) e o apoio a software/sistemas de gestão e o desenvolvimento de aplicações web (27%).

De acordo com os resultados apurados,16% dos organismos indicaram ter adquirido serviços de computação em nuvem em 2020. O armazenamento de ficheiros (100%) foi o principal serviço adquirido neste domínio. O principal motivo que limita a utilização do cloud computing são os custos elevados de aquisição dos serviços (33%).

21% dos organismos da RAM realizaram análises de Big Data (grande conjunto de dados gerados e armazenados) no ano de 2020, o valor mais elevado da curta série histórica desta variável, constituindo mais do dobro do ano precedente (9%). Relativamente à fonte de dados usada neste tipo de análises, 67% daqueles organismos utilizaram dados gerados a partir de meios de comunicação digital (social media), 25% por dados do próprio organismo a partir de dispositivos inteligentes ou sensores e 17% por outras fontes de Big Data. 75% dos organismos realizaram análises de Big Data com recurso a pessoal próprio e 42% contrataram fornecedores externos.

No domínio da cibersegurança, a totalidade dos organismos tem software antivírus e firewall. Medidas de segurança como a autenticação dos utilizadores através de uma palavra passe segura e a atualização regular do software estão igualmente generalizadas.

Em 2019, o total de despesa da APR em TIC fixou-se em 7,2 milhões de euros, crescendo 91,9% face a 2018, impulsionada pelo aumento das despesas de capital, que ascenderam aos 6,4 milhões de euros, mais que duplicando face ao ano anterior (3,1 milhões de euros). Por sua vez, as despesas correntes rondaram os 776,7 mil euros, representando um incremento de 16,3% comparativamente a 2018. 74,8% das despesas de capital corresponderam a aquisição de equipamento e licenciamento de software, enquanto a principal fatia das despesas correntes dizem respeito ao suporte e manutenção de equipamentos, à de manutenção de redes, consumos de comunicações e aluguer de circuitos de comunicações e custos com os serviços em nuvem (75,7% no seu conjunto).


Câmaras Municipais – 82% das Câmaras da RAM permitem a consulta pública de processos nos respetivos sítios da internet

Em 2020, todas as Câmaras Municipais da Região tinham internet (de banda larga) e marcavam presença na internet. Comparativamente a 2019, é de registar o crescimento na percentagem de Câmaras que utilizam sistemas de videoconferência, que passou de 55% em 2019 para 73% em 2020.

O número de Câmaras Municipais da RAM que recorrem ao comércio eletrónico manteve-se inalterado no último ano, com apenas 3 das 11 Câmaras da Região a utilizarem esta funcionalidade. De notar que que a consulta pública de processos nos sítios de internet foi permitida por 82% das Câmaras.

Por sua vez, em 2020, apenas 5 das 11 Câmaras da RAM permitiam o preenchimento e submissão de formulários online, traduzindo uma percentagem de 45%, o que compara com 71% no país.

S I Admin Pub PT novo 

 

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top