tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

No 1.º trimestre de 2020

Valor agregado dos levantamentos e das compras através de terminais de pagamento automático da rede Multibanco cresceu apenas 0,8% em termos homólogos, influenciado pela forte quebra em março

Os dados fornecidos pela Sociedade Interbancária de Serviços (SIBS) para a RAM, referentes ao 1.º trimestre de 2020 mostram que os montantes relativos às duas principais operações da rede Multibanco (levantamentos e compras através de terminais de pagamento automático), considerados no seu conjunto, ascenderam aos 393,5 milhões de euros, significando um incremento de 0,8% comparativamente ao período homólogo.

Parte do trimestre em referência, particularmente a 2.ª metade de março, foi já influenciada por algumas medidas restritivas para controlo da pandemia do COVID-19, nomeadamente a entrada em vigor do Estado de Emergência, pelo que é importante decompor a variação trimestral por mês. Assim, enquanto em janeiro, aquele agregado cresceu 8,1% em termos homólogos, acelerando para 10,8% em fevereiro, em março observa-se um recuo muito pronunciado de 15,3%.

Voltando à análise do trimestre, o crescimento registado foi maioritariamente impulsionado pelo aumento de 4,3% verificado nas compras através de terminais de pagamento automáticos (TPA), já que nos levantamentos registou-se uma quebra de 4,1%. Note-se que em março de 2020, os levantamentos reduziram-se em 18,0% e as compras através de TPA em 13,5%.

O acréscimo no 1.º trimestre de 2020 derivou do aumento nos movimentos com cartões nacionais, que registaram um crescimento de 1,2%, enquanto para os internacionais houve um decréscimo de 1,5%. No mês de março, os montantes movimentados com cartões nacionais baixaram 11,7%, sendo que no caso dos internacionais essa redução foi ainda mais acentuada, de 34,6%.

Por sua vez, entre o 1.º trimestre de 2020 e igual período de 2019 os pagamentos cresceram 5,7%.

A nível nacional, os montantes movimentados nas operações em análise da rede Multibanco tiveram uma tendência semelhante. Nos levantamentos, a quebra foi de 4,2%, contrariamente às compras através de TPA que aumentaram 1,2%, enquanto os pagamentos cresceram 2,9%. A variação homóloga dos levantamentos agregados às compras através de TPA no país foi de -1,0%. Em março, este agregado caiu 18,2%, com a diminuição a ser de 16,7% nas compras através de TPA e de 20,4% nos levantamentos.

Voltando à análise dos dados regionais, observa-se que desagregando os levantamentos em nacionais e internacionais, os primeiros totalizaram no 1.º trimestre deste ano 143,7 milhões de euros, decrescendo 3,3% face ao período homólogo, enquanto os segundos perfizeram 12,0 milhões de euros, -13,2% que no mesmo período de 2019.

Por sua vez, as compras através de TPA feitas com cartões nacionais rondaram os 189,9 milhões de euros (+4,8% que nos primeiros três meses de 2019) enquanto as compras realizadas com cartões internacionais ascenderam aos 47,9 milhões de euros (+2,0% que no período homólogo).

multibanco 1t20 pt

A análise dos dados por município mostra que os levantamentos agregados às compras através de TPA decresceram na Calheta (-10,4%), no Porto Moniz (-4,2%) e no Funchal (-1,5%), enquanto nos outros municípios a variação foi positiva, destacando-se o Porto Santo (+29,0%) e Santana (+10,4%).

    Cooperação Estatística Internacional

    MAC14 20

    Cooperação Estatística Internacional

    MAC14 20

    Literacia Estatística

    formation3

    Literacia Estatística

    formation3
    Go to top