tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Estimativa rápida

Em dezembro de 2020

Embora se tenha verificado uma ligeira recuperação relativamente a novembro, contabilizou-se apenas 166,2 mil dormidas

De acordo com a estimativa rápida, em dezembro de 2020, o setor do alojamento turístico deverá ter registado a entrada de 31,5 mil hóspedes e a realização de 166,2 mil dormidas, o que corresponde a variações homólogas de -64,1% e -66,1%, respetivamente (-72,6% e -73,9% em novembro, pela mesma ordem). Em termos acumulados, o ano de 2020 totalizou apenas a entrada de 494,0 mil hóspedes e 2,8 milhões de dormidas, com quebras acentuadas de 64,3% e 66,1%, respetivamente.

Para efeitos de comparabilidade com os dados divulgados pelo INE é necessário excluir o alojamento local com menos de 10 camas, sendo que segundo esta lógica de apuramento de resultados, as dormidas do alojamento turístico apresentam um decréscimo de 68,7% relativamente a dezembro de 2019, uma variação menos penalizadora que a verificada a nível nacional (-72,3%).

As dormidas de residentes em Portugal terão diminuído 41,8% (-47,0% em novembro) atingindo as 34,2 mil e representando 20,6% do total, enquanto as de não residentes terão decrescido 69,4% (-77,2% no mês anterior), situando-se em 132,0 mil. Os hóspedes entrados com residência no País terão sido 11,7 mil, o que se traduz num decréscimo de 45,2% (-52,8% em novembro) estimando-se os hóspedes não residentes em 19,8 mil (recuo homólogo de 70,2%, menos pronunciado que no mês anterior em que foi de 78,7%).

No país, em dezembro de 2020, as dormidas de residentes terão diminuído 53,9% (-58,8% em novembro) atingindo 589,0 mil, representando 60,6% do total, enquanto as de não residentes terão decrescido 82,9% (-85,5% no mês anterior), situando-se em 383,7 mil. No conjunto do ano de 2020, os estabelecimentos de alojamento turístico terão registado 10,5 milhões de hóspedes e 26,0 milhões de dormidas, a que corresponderam diminuições anuais de 61,2% e 63,0%, respetivamente (+7,9% e +4,6% em 2019).

Estimativa Rapida Dez PT

Na Região, os principais mercados emissores de não residentes apresentaram quebras bastante significativas nas dormidas, embora menos acentuadas que no mês de novembro. O mercado francês foi o que registou a quebra mais acentuada com -76,6% de dormidas (-87,5% em novembro), seguido do britânico com -67,6% (-73,6%) e do alemão com -56,3% (-71,0% no mês anterior).

Em dezembro, 52,7% dos estabelecimentos de alojamento turístico terão estado encerrados ou não registaram movimento de hóspedes. Porém, a hotelaria contabilizou, no mês de referência, 61,3% dos estabelecimentos com movimento de hóspedes (64,0% em novembro).

dormidas pt

Os resultados mais detalhados relativos a dezembro de 2020 serão publicados no dia 15 de fevereiro de 2021.

 

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top