tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

A DREM divulga os principais resultados do Inquérito Nacional de Saúde 2014 para a Região Autónoma da Madeira  (RAM)

Em 2014, e para a RAM, 56,6% da população residente com 18 ou mais anos referiu ter excesso de peso (grau I ou grau II) ou sofrer de obesidade, onde os homens (57,9%) se destacam relativamente às mulheres (55,6%).

O inquérito revela que, das doenças crónicas observadas, a que foi referida com maior frequência pela população madeirense com 15 e mais anos foi a relativa às dores lombares (26,4%), seguida da hipertensão arterial (22,7%) e das alergias (20,4%).

No ano em referência, 19,3% da população da RAM com 50 ou mais anos indicou ter realizado uma colonoscopia nos 10 anos anteriores à entrevista.

No último trimestre de 2014, 66,0% da população a residir na RAM referiu ter consultado um médico de medicina geral e familiar nos 12 meses anteriores à entrevista, com proporções a variar entre 55,0%, para as pessoas dos 25-34 anos, e 84,1%, para as pessoas com 65 e mais anos. Em termos percentuais, as mulheres (72,0%) suplantam os homens (59,0%) no recurso a este tipo de consulta.

No final de 2014, para 50,7% da população residente com 15 ou mais anos a última consulta com um dentista realizou-se há pelo menos 12 meses. As pessoas com idades mais avançadas são as que mais contribuíram para este resultado.

Em 2014, cerca de 48,4% da população residente com 15 ou mais anos consumiu medicamentos nas 2 semanas anteriores à entrevista que foram prescritos por um médico.

Na RAM, o consumo de tabaco na população residente com 15 ou mais anos fixou-se nos 20,7% em 2014.

De acordo com os resultados do inquérito em referência, 64,0% da população com 15 ou mais anos referiu ter consumido bebidas alcoólicas pelo menos uma vez, nos 12 meses anteriores à entrevista. Foram essencialmente os jovens (15-24 anos) e os idosos (65 e mais anos) aqueles que referiram nunca terem consumido bebidas alcoólicas.

Os jovens madeirenses (70,6%) são os que manifestaram estar mais satisfeitos ou bastante satisfeitos com a vida, quando comparados com as pessoas dos restantes grupos etários.


Para mais informação aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top