tableaupublic            



Portal de Estatísticas Oficiais                     

Menu

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Para o 4.º trimestre de 2021

DREM divulga informação sobre o preço mediano dos alojamentos familiares na RAM

Nota introdutória

Com a presente edição, a DREM inicia a divulgação de uma nova série de dados das Estatísticas de Preços da Habitação ao nível local, para a Região Autónoma da Madeira (RAM), com início em 2019, em resultado  da alteração ao protocolo de colaboração entre o Instituto Nacional de Estatística (INE) e a Autoridade Tributária e Aduaneira, que passou a incluir o envio de novas variáveis ao INE associadas ao Imposto Municipal por Transmissões onerosas (IMT), nomeadamente, a identificação dos compradores segundo o seu setor institucional e domicílio fiscal. Os novos indicadores agora publicados não são assim diretamente comparáveis com as séries de dados disponibilizadas anteriormente, desde 2016.

Importa ainda relembrar que esta informação é produzida a partir de dados administrativos fiscais do IMT e do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI), fornecidos mensalmente pela AT ao INE, com base num protocolo de colaboração firmado entre estes dois organismos.

De notar, que a exemplo de trimestres anteriores, esta divulgação divide-se em duas partes, uma com a análise dos resultados para o 4 .º trimestre de 2021, tendo em conta apenas os três meses do trimestre, e, outra, com a informação dos últimos doze meses, o que permite uma análise das dinâmicas mais recentes do mercado de aquisição de habitação – até tendo em conta o impacto socioeconómico da pandemia COVID-19 – mas condiciona a apresentação de resultados para pequenos domínios territoriais, existindo assim informação ao nível da Região apenas para o total da RAM e para o município do Funchal.

Análise de resultado

Preços da habitação na RAM cresceram nos últimos três meses

No 4.º trimestre de 2021 (últimos 3 meses), o preço mediano de alojamentos familiares na RAM foi de 1 506 euros/m2, posicionando-se abaixo do Algarve (2 114 euros/m2) e da Área Metropolitana de Lisboa (1 906 euros/m2), mas acima do valor nacional (1 355 euros/m2).

Enquanto no 3.º trimestre 2021 a taxa de variação homóloga do valor mediano das vendas de alojamentos familiares por m2 havia sido de +5,2%, no 4.º trimestre 2021, esse crescimento aumentou para 20,3%. A nível nacional, verificou-se também uma nova aceleração do crescimento dos preços da habitação, com a taxa de variação homóloga a passar de 12,2% no 3.º trimestre de 2021 para 14,1% no 4.º trimestre. No conjunto das cidades com mais de 100 mil habitantes, pontifica o Funchal, constituindo a única cidade a apresentar simultaneamente um preço mediano (1 967 €/m2) e crescimento homólogo (+22,6%) superiores ao nacional, crescimento este bastante superior ao verificado no 3.º trimestre de 2021 (+5,8%).

No 4.º trimestre de 2021, o valor mediano de alojamentos familiares transacionados na RAM envolvendo compradores com domicílio fiscal no Estrangeiro foi de 1 748 euros/m2, sendo que no caso das transações efetuadas por compradores com domicílio fiscal em Território Nacional este valor foi de 1 499 euros/m2. Quanto ao preço mediano de alojamentos familiares adquiridos pelas Famílias foi 1 531 euros/m2 e pelos compradores pertencentes aos restantes setores institucionais de 1 353 euros/m2.

Preço mediano de alojamentos familiares crescem nos últimos 12 meses (entre janeiro e dezembro de 2021)

No 4.º trimestre de 2021 (últimos 12 meses), o preço mediano de alojamentos familiares na RAM foi de 1 436 euros/m2, traduzindo este valor um aumento trimestral de 5,3% e homólogo de 10,2%. A nível nacional, o preço mediano foi inferior, de 1 297 euros/m2, com variações positivas, pela mesma ordem, de 3,7% e de 9,0%. De referir que o valor da RAM apenas se situou abaixo dos valores do Algarve (2 000 €/m2) e da Área Metropolitana de Lisboa (1 813 €/m2). Note-se ainda que, na RAM, o valor do segmento dos alojamentos novos (1 729 euros/m2) continuou a superar o valor dos alojamentos existentes (1 360 euros/m2), em 369 euros/m2.

Se se alargar o âmbito de análise aos últimos dois anos (4.º trimestre de 2021 face ao mesmo trimestre de 2019), conclui-se que o preço mediano de alojamentos familiares, na RAM, cresceu 18,3% nesse período, ligeiramente a abaixo da média do País (+18,6%).

Neste período, o valor mediano de alojamentos familiares transacionados na RAM adquiridos por compradores com domicílio fiscal no Estrangeiro foi de 1 703 euros/m2, superior ao das transações efetuadas por compradores com domicílio fiscal em Território Nacional, que se fixou nos 1 423 euros/m2. O preço mediano de alojamentos familiares adquiridos pelas Famílias foi 1 450 euros/m2 e pelos compradores pertencentes aos restantes setores institucionais de 1 363 euros/m2.

No município do Funchal, o preço mediano da habitação, no 4.º trimestre de 2021, situou-se nos 1 750 euros/m2, o que significa que este município foi o único da RAM a registar um valor acima da média regional (mais 314 euros/m2). No ranking nacional, o Funchal ocupava a 21.º lugar dos municípios com valor mediano mais elevado. A lista continua a ser liderada por Lisboa (3 531 euros/m2), sendo as posições seguintes ocupadas por municípios da Área Metropolitana de Lisboa, Algarve e Porto. De realçar que do conjunto das cidades portuguesas com mais de 100 mil habitantes (Lisboa, Porto, Funchal, Amadora, Coimbra, Vila Nova de Gaia e Braga), o Funchal surge com o sétimo valor mais alto, depois de Lisboa, Cascais, Oeiras, Porto, Odivelas e Loures.

Para além do Funchal, os municípios de Santa Cruz, Câmara de Lobos, Porto Santo, Calheta, Ponta do Sol, Ribeira Brava e de Machico, embora registando preços abaixo da média da RAM, destacaram-se, visto apresentarem valores de expressão considerável, acima dos mil euros (1 346 euros/m2, 1 174 euros/m2, 1 154 euros/m2, 1 064 euros/m2, 1 060 euros/m2,  1 032 euros/m2 e 1 025 euros/m2, respetivamente). O valor mais baixo foi observado em Santana (636 euros/m2).

Precos Habitacao PT

Nas freguesias da cidade do Funchal, sobressai São Martinho, que apresentou, no 4.º trimestre de 2021, um valor (2 018 euros/m2) bastante superior à média da cidade para a totalidade dos alojamentos (1 750 euros/m2). Seguem-se a agregação das freguesias centrais (São Pedro, Santa Luzia e Sé), com 1 848 euros/m2 e a freguesia de Santo António com 1 556 euros/m2.  A agregação S. Roque, Monte e Imaculado Coração de Maria e o agregado das freguesias de Santa Maria Maior e registaram os valores mais baixos, ambos com o mesmo valor, 1 500 euros/m2. Comparativamente ao 4.º trimestre de 2020, a maioria das freguesias ou agregações de freguesias registou crescimentos em termos do valor mediano das vendas por m2, à exceção do agregado das freguesias de Santa Maria Maior e São Gonçalo, onde se observou uma redução, inferior a 1%. Face ao trimestre anterior, em todas ocorreram subidas neste indicador.

Na freguesia do Caniço, o preço mediano de alojamentos familiares, no 4.º trimestre de 2021, ascendeu a 1 392 euros/m2, valor que supera o verificado para o conjunto do município de Santa Cruz (1  346 euros/m2), em 46 euros/m2. De referir que nesta freguesia este indicador cresceu em termos homólogos (+10,3%) e em termos trimestrais (+6,1%)

No 4.º trimestre de 2021, na RAM, o preço mediano das vendas de alojamentos de tipologia T2 foi de 1 484 euros/m2, o mais elevado se comparado com as restantes tipologias (T0 ou T1, 1 429 euros/m2; T3, 1 442 euros/m2; T4 ou superior, 1 195 euros/m2). Na cidade do Funchal, todas as tipologias em análise apresentaram valores substancialmente superiores aos da Região, tendo os T0 ou T1 registado o valor mais alto (1 972 euros/m2).

 

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top