tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

DREM atualiza série das Contas Económicas da Agricultura Regionais com os dados de 2014

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou recentemente os dados de 2014 (provisórios) das Contas Económicas da Agricultura Regionais (CEAREG), possibilitando a atualização da série com início em 1995, disponibilizada no portal da DREM.

A análise dos dados permite concluir que, no referido ano, a produção do ramo agrícola na Região Autónoma da Madeira (RAM) fixou-se em 90,1 milhões de euros, recuando 13,6% em termos nominais face ao ano precedente. Esta diminuição está em linha com as quebras em algumas produções e também com a evolução do índice de preços dos produtos agrícolas observado em 2014 e a que as estatísticas agrícolas anuais, divulgadas pela DREM em junho passado, aludem.

Do total da produção agrícola regional de 2014, 82,4% foi proveniente da componente vegetal e 14,0% da animal, sendo que as restantes parcelas derivaram de serviços agrícolas e atividades secundárias não agrícolas. A nível nacional, o peso da produção vegetal foi inferior (52,5%), embora se tenha revelado também mais preponderante que a parte animal (43,0%).

Desagregando a componente da produção vegetal (cujo total foi de 74,3 milhões de euros), constata-se que as parcelas mais representativas foram as hortícolas frescas (19,7 milhões de euros), os frutos subtropicais (17,8 milhões de euros) e o vinho (6,5 milhões de euros).

A principal fatia da produção animal, cujo total foi de 12,6 milhões de euros, derivou da avicultura, que concentrou perto de dois terços daquele total.

À atividade agrícola está inerente a utilização de uma série de bens e serviços que constituem os consumos intermédios. Esta variável rondou os 38,1 milhões de euros em 2014 (-10,5% que em 2013).

A diferença entre produção agrícola e consumo intermédio constitui o chamado Valor Acrescentado Bruto (VAB) agrícola. Em 2014, o VAB agrícola fixou-se em 52,0 milhões de euros, caindo 15,7% em termos nominais entre 2013 e 2014. 

Grafico PT

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top