tableaupublic            



Portal de Estatísticas Oficiais                     

Menu

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

DREM divulga a série retrospetiva das Comunicações atualizada com os dados de 2020

A Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM) publica a série retrospetiva para o sector das Comunicações na Região Autónoma da Madeira (RAM), atualizada com os valores de 2020.

Esta série foi construída a partir de informação recolhida diretamente pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) e pela Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM).

Comunicações eletrónicas – RAM supera o país na penetração de redes e serviços de alta velocidade em local fixo nos clientes residenciais  

De acordo com os dados disponibilizados pela ANACOM, o número de clientes residenciais de redes e serviços de alta velocidade em local fixo fixou-se, no 4.º trimestre de 2020, nos 76,8 mil. Comparativamente ao trimestre homólogo, o crescimento foi de 7,9%.

No 4.º trimestre de 2020, a taxa de penetração dos clientes residenciais face aos agregados domésticos privados da RAM ascendeu aos 83,7%, +7,8 pontos percentuais (p.p.) que no período homólogo. Segundo informação publicada pela ANACOM, a taxa regional superou a média nacional (75,0%) em 8,7 p.p..

Esta tendência de crescimento também se tem verificado nos alojamentos cablados de alta velocidade na RAM, quer nas redes de fibra ótica FTTH (Fiber to the Home), a principal tecnologia de acesso em local fixo, assim como nas redes de TV cabo HFC (Hybrid Fiber-Coaxial).

No final do 4.º trimestre de 2020, o número de alojamentos da RAM cablados com fibra ótica (FTTH/B) por todos os operadores rondava os 153,6 mil, evidenciando um crescimento de 18,3% face ao período homólogo. Se se considerar os alojamentos preparados para receber estes serviços, mas suportados em redes de TV por cabo, a RAM, no 4.º trimestre de 2020, tinha cerca de 75,1 mil alojamentos, mais 1,8 mil (+2,5%) face ao mesmo trimestre de 2019.

Relativamente aos acessos à Internet em banda larga em local fixo, em 2020, a penetração atingiu 37,5% da população da RAM, o que compara com 40,4% no País. O Porto Santo (46,7%), o Funchal (43,7%) e a Calheta (38,7%) eram os municípios com as taxas de penetração mais elevadas, em contraponto com Câmara de Lobos (28,0%), Santana (29,4%) e Ribeira Brava (32,0%), que tinham as taxas mais baixas. Em termos absolutos, em 2020, o número de acessos à internet em banda larga (em local fixo) no segmento residencial era de 84,0 mil e no não residencial de 14,9 mil, o que perfazia um total de 98,9 mil (+3,8% que em 2019).

O número de assinantes de serviços de televisão através de subscrição tem aumentado de forma constante ao longo do tempo. Em 2004 – primeiro ano para o qual está disponível este indicador – este número era de 65,5 mil, sendo que, em 2020, contabilizaram-se 105,0 mil assinantes, mais 2,1% face a 2019.

O número de acessos telefónicos na RAM por 100 habitantes cresceu sucessivamente entre 2011 e 2018, ano no qual atingiu um máximo de 47,84 acessos. Em 2019, houve uma redução para 46,84 acessos, tendo, em 2020, voltado a subir, para 47,75. Nesse ano, o número de acessos telefónicos principais residenciais atingiu os 90,1 mil, enquanto o número de acessos não residenciais subiu para os 31,3 mil acessos. No total, o número de acessos rondava os 121,3 mil.

Com a generalização do telemóvel, o número de postos telefónicos públicos tem vindo a diminuir nos últimos anos, passando de 349 em 2013 para 225 em 2020. Ao nível municipal, quando comparado com 2019, verifica-se a manutenção ou descida do número de postos telefónicos públicos, exceto em Santa Cruz e Câmara de Lobos  (ambos com +1 posto).

Serviços postais – Criação de postos de correio compensou a redução nas estações

O número de estações de correios na Região manteve-se estável entre 2000 e 2012, ano em que existiam 28 estações de correios na Região. A partir de 2013 iniciou-se uma trajetória descendente que conduziu o número de estações de correios para 19 em 2020, ou seja, entre 2012 e 2020, o número de estações caiu 32,1%.

Quanto aos postos de correios, entre 2000 e 2015, as oscilações foram mínimas, com o seu número a se manter relativamente estável. Em 2015, o número de postos de correio era de 24. A partir de 2016, houve um crescimento sucessivo até 2019 (36 postos), com 2020 a manter os mesmos postos do ano antecedente. Se se considerar o número total de estabelecimentos postais, em 2020, registou-se um aumento de 3 estabelecimentos face a 2012 (52 estabelecimentos postais), tendo o número de postos de correios criados superado as estações de correios encerradas na RAM.

Retrospetiva Comunicacoes PT

Para mais informação aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top