tableaupublic            

"Uma porta aberta para 

um Universo de Informação Estatística"

Menu

Portal de Estatísticas Oficiais

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Com referência ao 2.º trimestre de 2021

DREM publica novo número do Boletim Trimestral de Estatística

A Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM) divulga hoje um novo número do Boletim Trimestral de Estatística (BTE) dedicado ao 2.º trimestre de 2021. Apresenta-se de seguida um resumo das principais conclusões retiradas da Síntese.

Dados do 2.º trimestre de 2021 evidenciam melhoria generalizada dos principais indicadores económicos, invertendo-se o ciclo negativo verificado em consequência da pandemia COVID-19

O 2.º trimestre de 2021 fica marcado pela inversão do ciclo negativo de 13 meses (consequência da pandemia COVID-19) da atividade económica da RAM. O IRAE, Indicador Regional de Atividade Económica que mede a evolução da atividade económica por comparação com o período homólogo, e tal como se antecipava, cresceu acentuadamente, o que naturalmente é explicado pela quase paralisação da economia em grande parte do 2.º trimestre de 2020.

No 2.º trimestre de 2021, a taxa de desemprego regional fixou-se em 8,4%, o que representa uma quebra trimestral de 1,2 pontos percentuais (p.p.) e um acréscimo homólogo de 1,3 p.p.. No país, a taxa do trimestre em referência foi de 6,7%, valor inferior em 0,4 p.p. ao do trimestre anterior e superior em 1,0 p.p. ao do trimestre homólogo.

A taxa de inflação média dos 12 meses anteriores ao mês de junho de 2021 foi de -0,9%, inferior à observada no país, que se situou nos 0,3%. Este indicador atingiu um mínimo em setembro de 2020 e a partir daí tem tendencialmente recuperado, embora se mantenha em terreno negativo. A variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) em junho de 2021 foi de 0,3%, tendo a nível nacional se fixado nos 0,5%.

Os dados de natureza monetária produzidos pelo Banco de Portugal e que a DREM redifunde mostram que o rácio de empréstimos vencidos das sociedades não financeiras fixou-se nos 2,2% em junho de 2021, 3,5 p.p. abaixo do valor registado no trimestre homólogo. Este indicador apresenta um valor ligeiramente inferior à média nacional, que igualmente diminuiu para os 2,9% no final do 2.º trimestre de 2021.

De acordo com os dados da SIBS, no trimestre em análise, os levantamentos adicionados às compras através de terminais de pagamento automático, con-sideradas no seu conjunto, atingiram um montante de 450,3 milhões de euros, 400,8 milhões de euros com cartões nacionais e 49,5 milhões de euros com cartões internacionais.

No trimestre em referência, o saldo entre sociedades constituídas e dissolvidas na RAM foi positivo (+159 sociedades), pois o número de constituições de sociedades (294) com sede na Região Autónoma da Madeira foi maior que o número de dissoluções (135).

No sector da agricultura, a comercialização de banana na primeira venda, no 2.º trimestre de 2021, registou uma variação positiva face a idêntico trimestre do ano anterior (+5,6%). Ao invés, a produção de ovos recuou 8,4% face ao mesmo trimestre de 2020, o mesmo acontecendo com o abate de frango que caiu 19,6%. Ainda no sector primário, o valor da pesca descarregada aumentou 17,5% em termos homólogos, explicado pelo comportamento das capturas de atum.

No domínio da energia, é de referir que a emissão de eletricidade (cuja evolução consiste na melhor aproximação à variação da produção/consumo que está disponível em termos infra-anuais) aumentou 11,4% no trimestre em análise, face ao mesmo período do ano anterior.

Na construção, a comercialização de cimento (primeira venda) registou no 2.º trimestre de 2021 um acréscimo face ao mesmo período do ano passado (47,4%). Comparativamente ao trimestre anterior observou-se igualmente um aumento, de 15,2%. Por sua vez, no 2.º trimestre de 2021, o número de edifícios licenciados caiu para 102, traduzindo uma variação trimestral negativa de 19,7%, tendo registado um acréscimo homólogo ligeiro de 1,0%. No 2.º trimestre de 2021, transacionaram-se 1 131 alojamentos familiares na RAM, representando um aumento de 24,4% face ao trimestre anterior e um aumento de 115,4% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Por sua vez, a comercialização de vinho “Madeira” verificada no 2.º trimestre de 2021 registou uma variação positiva, quer na quantidade (+9,2%), quer no valor (+36,1%).

No trimestre em referência, o movimento de passageiros nos aeroportos da RAM registou um acréscimo assinalável (+2 863,7%) em termos homólogos, em linha com as dormidas e os proveitos totais no alojamento turístico que aumentaram 2 330,4% e 4 879,3% face ao mesmo trimestre do ano anterior, respetivamente. Nos transportes marítimos, o movimento de mercadorias nos portos também cresceu (+34,8%) no 2.º trimestre de 2021, em termos homólogos.


Para consultar o BTE aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top