tableaupublic            



Portal de Estatísticas Oficiais                     

Menu

tableaupublic            

Newsletters

Não perca tempo, subscreva já as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

Subscrever

Subscreva as nossas newsletters:

Estatísticas da Justiça

Justiça

Newsletters

Não perca tempo. Subscreva as nossas newsletters e passe a receber informação na hora...

DREM disponibiliza os primeiros resultados do Inquérito à Fecundidade, realizado em 2019, relativos à R. A. Madeira

A Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM) divulga hoje os primeiros resultados do Inquérito à Fecundidade (IFEC), operação amostral executada na Região Autónoma da Madeira (RAM) entre setembro de 2019 e fevereiro de 2020, junto de 1 231 alojamentos. O IFEC - inquérito da responsabilidade do Instituto Nacional de Estatística (INE) - decorreu em todo o país, cabendo a sua execução na RAM à DREM.

À semelhança do último Inquérito à Fecundidade, realizado em 2013, este inquérito teve como objetivo obter informação detalhada sobre o fenómeno da fecundidade em Portugal, informando acerca do número de filhos que as pessoas têm, esperam ou desejam ter ao longo das suas vidas, e os motivos que condicionam a decisão de ter ou não ter (mais) filhos.

A informação hoje divulgada sobre a Região diz respeito a mulheres em idade fértil, dos 18 aos 49 anos, uma vez que ao nível de NUTS II a amostra recolhida é apenas representativa para a população feminina. 

Mulheres residentes na Região estão longe de alcançar a fecundidade desejada ao longo da vida

61,3% das mulheres residentes na Região em idade fértil espera ter pelo menos dois filhos e 79,5% desejaria ter pelo menos dois filhos ao longo da vida. Contudo, a grande maioria não tem filhos (45,7%) ou tem apenas um filho (24,0%).

Muito embora apenas 30,3% das mulheres, tenham efetivamente, 2 ou mais filhos, a esmagadora maioria (98,1%) considera 2 ou mais filhos como número ideal de filhos numa família (independentemente de ser a sua). São as mulheres da Região que reportam “ideais” mais elevados no contexto das regiões NUTS II do país, 2,60 filhos, em média.

Entre as mulheres dos 18 aos 49 anos, 10,4% não tem nem pretende ter filhos (8,4% em Portugal).

As mulheres dos 18 aos 49 anos, residentes na Região, atualmente, não chegam a ter 1 filho em média (0,96 filhos na R. A. Madeira e 0,98 em Portugal), no entanto pensam ter, em média, 1,74 filhos (1,75 em Portugal) e desejariam ter, em média, 2,14 filhos (2,19 em Portugal).

Os primeiros resultados mostram que entre “desejos” e “realidade” há um grande desfasamento, uma vez que as mulheres residentes na Região estão, ainda, longe de alcançar a sua fecundidade desejada ao longo da vida.

Fecundidade PT 

DREM vai divulgar em breve mais informação sobre o IFEC

Ainda este ano, a DREM irá divulgar mais resultados sobre este inquérito, que incluem uma análise da fecundidade segundo diferentes perfis, bem como uma análise das motivações das mulheres para a fecundidade e das suas opiniões quanto às medidas de incentivo à natalidade.

Para mais informação aceda a:

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Cooperação Estatística Internacional

MAC14 20

Literacia Estatística

formation3

Literacia Estatística

formation3
Go to top